De tanto pensar, esqueci de dizer.

Segurei palavras, podei certas rimas

Para (ou não), atingir você.

 

Versos rasos, palavras simples

Que uso agora para dizer-lhe

Não-sei-o-que…

 

Que a dor que dói-me o peito

E a alegria que me acalenta,

Vem do seu sorriso que corta e alegra

A face que lhe mostro, o coração que lhe dei.

 

Porém anseio um dia,

Lhe implorar minh’alma que não lhe dei.

Mas que por sua falta se foi!

Por sua falta me moveu!

Por sua falta me mostrou,

A falta que a falta dela me fez.

 

                                            Tassiana Frank

Anúncios

Sobre encontroedesencontros

Alguém que por meros devaneios de sua mente louca, sentiu vontade de dizer alguma coisa...

Uma resposta para “

  1. salles

    adorei! isso é poesia!

    “Para(ou não), atingir você” é o ápice poético pra mim.

    beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: