Tempos de nada

      

 

Que saudade dos tempos de nada!

 

Dormir acordada sonhando com o mundo

 

E acordar inspirada!

 

 

 

Dia cheio, correria

 

Encontros na rua

 

Desencontros na vida…

 

Mas ela continua (e eu te vejo outro dia)!

 

 

 

Estou feliz, tranqüila

 

Volto a ser ansiosa e a sonhar com aquele dia

 

Cheio, corrido, feliz

 

Que acaba em um travesseiro feito de céu!

 

 

 

E eu durmo sorrindo

 

Porque vou acordar

 

E ver você.

 

 

 

Que saudade dos tempos de nada!

 

 

 

                                                                Tassiana Frank

 

Anúncios

Sobre encontroedesencontros

Alguém que por meros devaneios de sua mente louca, sentiu vontade de dizer alguma coisa...

Uma resposta para “Tempos de nada

  1. bom de ler, simplesmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: